S A
Ser Saborista é andar sempre com a cabeça na fruta.
É não usar relógio por ter o estômago constantemente a dar horas. E é tornar a vida mais doce, mais salgada e, de preferência, mais estaladiça.
São os irrequietos que inventam sempre novas maneiras de saborear a vida e de petiscar uma boa aventura. São os audazes que não se negam ao prazer de provar o desconhecido. Aqueles que não acreditam em sabores impossíveis porque vivem para as combinações improváveis. São os irremediavelmente curiosos que partem, sem medos, para desvendar os mistérios que escondem os aromas únicos que aliciam o paladar.
O
i S
Na sua essência, o Saborista é muito mais do que apenas uma loja online onde pode encomendar produtos das marcas da SUMOL+COMPAL e parceiros. É um estilo de vida. É poder ser o primeiro a conhecer as mais recentes novidades e ainda experimentar as edições limitadas e exclusivas das nossas marcas, produtos raros que pode não encontrar em mais lado nenhum. E poder poupar, sem ter de sair de casa.
a
Acima de tudo, é tornar cada momento simples em momentos extraordinários e partilhá-los com quem mais importa.

Conheça um pouco
da nossa História.

O sabor não ocupa lugar.
Era uma vez,
o paraíso de Adão e Eva
A origem do Saborista remonta aos primórdios da
existência da humanidade, quando Adão e Eva viviam
pacificamente no Jardim do Éden.
Fortemente tentada
por uma serpente a provar o fruto proíbido, Eva não
resistiu e deu uma trinca na maçã.


Foi assim que também Eva levou Adão a descobrir um
novo universo de sabor, do qual já não quiseram sair. Não
é de estranhar – as maçãs são deliciosas.
Sobre Saborista
Sobre Saborista
As armas e os barões
assinalados...
No século XV, os portugueses partiram à conquista de sabores invulgares, trazendo novos mundos ao mundo e levando-os diretamente para a mesa dos palácios da realeza. Cada viagem era uma autêntica odisseia de aromas inesquecíveis e de um paladar extraordinário. O conhecido poeta Luís Vaz de Camões escreveu sobre estas aventuras em “Os Lusíadas”. Contudo, por lapso tipográfico, a expressão “pomares nunca dantes navegados” foi tristemente substituída pela célebre “por mares nunca dantes navegados”.
A revolução do sabor
Habituados a um império abundante de iguarias vindas de
todos os cantos do mundo, os portugueses - por força de
casamentos e infortúnios - tiveram de petiscar um pouco
do que seria fazer parte de nuestros hermanos.

Quando restaurámos a nossa independência por
incompatibilidade de paladares, trouxemos algumas das
influências espanholas para os nossos pratos, apenas
deliciosas por darmos um toque bem português.

Depois de um terramoto que baralhou frutas e legumes,
fazendo combinações improváveis,
e de reinos e
repúblicas que escorregaram em cascas de banana, um
grupo de rebeldes juntou-se para fazer uma verdadeira
revolução de sabor
Sobre Saborista
Hoje em dia...

Depois de tantas peripécias, o Saborista é um segredo que está finalmente a ser desvendado e a chegar a cada vez mais portugueses. Junta-se a nós?